Lula quer criação de fundo para ajuda externa

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu, hoje, na entrevista a repórteres de rádio, a criação de um fundo de solidariedade internacional para dar ao governo brasileiro mais agilidade na ajuda a países amigos, em situações de emergência. Segundo ele, toda vez que lhe é pedida ajuda de fora, o governo tem de fazer licitação, e o processo é demorado demais, tendo em vista a urgência para atendimento dos casos.Nesse contexto, ele prestou solidariedade às vítimas do furacão Jeanne no Haiti e, também, às vítimas dos acidentes ocorridos, ontem, no Pará e em Erechim, no Rio Grande do Sul.Ainda na entrevista, o presidente defendeu as políticas sociais do governo e comemorou os apoios recebidos na reunião com os chefes de Estado, em Nova York, à idéia por ele levantada de criação de um fundo mundial contra a pobreza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.