Lula quer candidato identificado com PT em 2010

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje, durante o 3º Congresso Nacional do PT, que o futuro candidato à Presidência da República tem de ser alguém identificado com o projeto do Partido dos Trabalhadores. "O PT e aliados têm candidatos, mas o partido deverá aprofundar os debates", disse, sem especificar, no entanto, se a legenda terá ou não um candidato próprio para as eleições de 2010.Durante discurso, no segundo dia do encontro, Lula destacou que os militantes não devem ter medo de defender o PT. "Podemos afirmar, sem arrogância, que o PT é um dos principais responsáveis pelo longo passo dado rumo à dignidade e justiça neste País", disse.Em sua fala, o presidente não fez referência direta ao julgamento recente do Supremo Tribunal Federal (STF) que abriu ação penal contra os 40 denunciados no esquema do mensalão, nem citou, por exemplo, os nomes do ex-ministro José Dirceu e do federal José Genoino (PT-SP) - réus na ação penal aberta STF. Lula afirmou que integrantes do PT podem ter cometido erros, "mas ninguém tem mais autoridade moral e ética" do que o partido. "O PT não pode se acovardar nesse debate."OposiçãoSegundo ele, é preciso que o partido fique também alerta à tentativa constante da oposição de diminuir a força política e minimizar os resultados alcançados pelo governo federal.Lula ressaltou ainda que o PT passou por mudanças, porque também a realidade mudou. Ele lembrou que, durante 27 anos de existência do PT, era comum, nas reuniões do partido, haver faixas com o pedido de "fora FMI (Fundo Monetário Internacional)". Agora, afirmou, "o FMI não está mais aqui".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.