Lula quer avaliar situação das obras de infra-estrutura

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa nesta terça-feira a promover reuniões com ministros da área de infra-estrutura para fazer com eles um balanço da situação das obras realizadas e das que estão em andamento no setor. De acordo com informação transmitida à Agência Estado por participantes da reunião desta segunda-feira entre o presidente e os ministros da Coordenação Política, os primeiros com quem Lula vai conversar são os ministros dos Transportes, Paulo Sérgio Oliveira Passos, e de Minas e Energia, Silas Rondeau, para dar início ao balanço. Segundo a informação, o presidente quer que sejam tocadas todas as obras em andamento nas estradas, como a operação tapa-buraco e os serviços de pavimentação, e obras nos portos e aeroportos. Os próximos a serem convocados são a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e o presidente do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis), Marcus Barros, para conversar sobre obras que tenham problemas em relação à legislação ambiental. Segundo fontes da Agência Estado, após as reuniões com os ministros, o presidente começará a viajar pelo País para fiscalizar pessoalmente as obras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.