Lula quer aumentar produção de equipamentos do setor de petróleo

Preocupado com a falta deequipamentos para o setor de petróleo no mercado internacional,o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feiraque o governo pretende lançar um programa para aumentar acapacidade de produção dos fabricantes nacionais para atenderos mercados interno e externo. "A gente tem que passar a fazer reuniões entre a Petrobrase os principais fornecedores de peças que estão em escassez nomercado para anunciar programas do governo, com financiamento,para que as empresas possam aumentar a capacidade produtiva eatender a demanda", disse Lula a jornalistas, após visita aocentro de pesquisa da Petrobras. Ao lado do presidente da estatal, José Sérgio Gabrielli,Lula afirmou que o mercado de petróleo está muito aquecido porconta dos preços elevados do produto. "Há um aumento substancial do preço do petróleo, aí todomundo quer encontrar novos poços, fazer pesquisa, fábrica epetroquímica. O setor cresceu e os fornecedores não estavampreparados para atender a demanda; então nós vamos cuidardisso." CPMF Lula disse que se o Senado não aprovar a prorrogação daCPMF, o governo terá que criar um novo imposto para compensar aperda de arrecadação. "Todo brasileiro de bom senso sabe perfeitamente bem quenão há país no mundo que possa prescindir de um imposto que lhegaranta 40 bilhões de reais no Orçamento sem criar um outroimposto", afirmou. O presidente disse acreditar na aprovação da CPMF no Senadoe anunciou que uma compensação será dada pelo governo dentro nareforma tributária. "Estou convencido de que apesar das diferençaspolítico-ideológicas, nós iremos compensar a aprovação da CPMFmandando para o Congresso uma reforma tributária para que oscongressistas possam fazer os ajustes que melhor interessem aoBrasil", disse ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.