Victor R. Caivano/AP - 19/12/2012
Victor R. Caivano/AP - 19/12/2012

Lula quer agenda de viagens pelo Brasil em 2013 que não ofusque Dilma

Ex-presidente planeja rodar o País e voltar a dar palestras a partir do próximo ano

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

20 de dezembro de 2012 | 19h29

Em um churrasco com assessores e aliados na tarde desta quinta-feira, 20, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou preocupação em como conciliar sua agenda de palestras em 2013 e o desafio que se lançou: voltar a viajar pelo Brasil a partir do próximo ano sem ofuscar o desempenho da presidente Dilma Rousseff num ano decisivo para a eleição presidencial de 2014.

"Ele está reflexivo em como vai fazer (para dar as palestras e viajar). Ele tem uma agenda de palestras enorme e tem o desejo de rodar o País. Mas ele não quer criar nenhum ambiente que possa provocar qualquer questão com a própria presidente. Nós comentamos muito que essa amizade do ex(presidente) com a atual não tem precedente na história do Brasil", revelou um correligionário à Agência Estado.

Acompanhado da ex-primeira-dama Marisa Letícia e do neto Arthur, Lula participou da festa de confraternização com os funcionários do Instituto Lula e recebeu o ministro da Educação Aloizio Mercadante, o presidente nacional do PT, deputado estadual Rui Falcão, os senadores Lindberg Farias (PT-RJ) e Jorge Viana (PT-AC), além de conselheiros do Instituto Lula.

Segundo um dos participantes, a pauta do encontro ficou concentrada em seus projetos para 2013 e passou longe de temas quentes, como a crise no Congresso sobre a distribuição dos royalties do petróleo, a Operação Porto Seguro e a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de cassar os parlamentares condenados no processo do Mensalão. "Não estava na agenda esse negócio do procurador (Roberto) Gurgel (que pediu a prisão dos condenados do Mensalão), do Supremo e dos royalties", contou um aliado. Segundo o correligionário, apesar do depoimento do empresário Marcos Valério (que afirmou ao Ministério Público Federal que o esquema do Mensalão pagou despesas pessoais de Lula), o ex-presidente está "surpreendentemente bem tranquilo". "Ele e a Marisa estavam num astral legal", ressaltou.

Após o Natal, Lula deve viajar com a família e só voltará ao trabalho em meados de janeiro, quando definirá sua agenda de palestras.

Tudo o que sabemos sobre:
Lulapalestras2013

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.