Lula propõe esforço conjunto contra enchentes em SP

Presidente convidou o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, a participar das discussões do PAC 2

estadao.com.br,

25 de janeiro de 2010 | 14h57

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira, 25, que é preciso um esforço conjunto entre o município e os governos estaduais e federais para resolver o problema das enchentes em São Paulo. Nesta manhã, Lula participou da cerimônia de entrega da medalha 25 de janeiro, que marca as comemorações dos 456 anos da capital paulista. Durante seu discurso, o presidente também convidou o prefeito Gilberto Kassab a participar das discussões do segundo Programa Nacional de Desenvolvimento (PAC-2) para propor soluções para os problemas da cidade.

 

Em cerimônia realizada na sede da prefeitura, o presidente esteve ao lado do governador de São Paulo, José Serra, pré-candidato para as eleições presidenciais. Os dois receberam a medalha 25 de janeiro, concedida pelo prefeito da cidade a personalidades em homenagem e reconhecimento ao mérito pessoal, a bons serviços prestados à cidade ou a serviços que merecem especial destaque, além do valor desportivo ou cultural.

 

O comentário de Lula veio após Kassab homenagear em seu discurso as pessoas que estão trabalhando para ajudar as pessoas afetadas por enchentes e alagamentos na cidade. O presidente evitou responsabilizar o prefeito pelos problemas e ressaltou que as enchentes afetam a metrópole desde quando chegou à capital paulista em 1956. O presidente agradeceu Kassab por ser lembrado para receber a Medalha 25 de Janeiro e afirmou que São Paulo teve grande importância em sua vida.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.