Lula promete rodovia de GO ao Porto de Santos até 2010

Ao inaugurar a duplicação da rodovia que liga Brasília a Goiânia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez mais promessas de investimentos federais em estradas na região. Lula disse que até o final de seu mandato irá voltar ao mesmo local, em Anápolis, Goiás, para anunciar a ligação do Estado ao Porto de Santos. "Vamos fazer essa rodovia chegar ao Porto de Santos até 2010", afirmou. O presidente voltou a criticar seus antecessores ao afirmar que há mais de 20 anos não se investe em infra-estrutura no Brasil. Classificou de "atrofiamento" a situação do País até assumir em 2003. "Depois do governo Geisel (Ernesto Geisel, penúltimo presidente da ditadura militar), fez-se muito pouco em infra-estrutura nesse País. Parece que o País está amarrado, atrofiado, impedido de ser o que é. O que nós estamos fazendo não é nenhuma mágica, nenhum milagre", disse. Lula reclamou ainda da visão que existe de que o Brasil é um País "pequeno". E chegou a se queixar do hábito de se ver o País através de "emergências políticas". "Não podemos ser um país analisado apenas do ponto de vista das emergências políticas que acontecem diariamente. É preciso a gente olhar para as coisas boas que acontecessem nesse País", reclamou. "Esse deixou de ser um País de faz-de-conta. Deixou de ser um País onde cada um fazia o que queria e a maioria não queria fazer. Esse País agora tem uma direção, tem um projeto."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.