Lula perdeu os escrúpulos, diz o presidente do PSDB

O presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), acusou o presidente Lula de ter usado ilegalmente o horário gratuito no rádio e na TV, ontem à noite, para fazer propaganda eleitoral. Tasso confirmou que o partido entrará com representação contra Lula no TSE, por antecipação de propaganda eleitoral, e também no Ministério Público, por improbidade administrativa, pois o presidente estaria usando recurso da máquina pública ao requisitar horário gratuito para fazer o pronunciamento."O presidente está rompendo todas as regras, de maneira absolutamente descarada. Ele perdeu os escrúpulos. Precisamos dar um freio nisso", disse Tasso Jereissati, referindo-se ao pronunciamento, em que Lula, entre outros pontos, elogiou seu governo e previu que 2006 será bom para a população brasileira. Tasso considerou ainda que a operação tapa-buracos, iniciada pelo governo, é "um escândalo", pois está sendo feita sem licitação e algumas obras foram entregues a empreiteiras que estão sendo investigadas pelo tribunal de Contas da União (TCU). A representação do PSDB contra Lula será entregue hoje ao TSE pelos líderes do partido na Câmara, deputado Alberto Goldman (SP), e no Senado, Arthur Virgílio (AM), e pelo secretário geral do partido, deputado Eduardo Paes(RJ).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.