Lula pede voto de confiança às propostas de reforma

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo, em seu discurso na solenidade de entrega das propostas de reformas ao Congresso, para que os parlamentares abram espaço para a discussão com a sociedade e deêm um voto de confiança às propostas. "Um voto daqueles que acreditam que o Brasil precisa das reformas", afirmou. Ele iniciou seu discurso dizendo que a propostas não são apenas do governo federal, mas também de todos os governadores - que citou nominalmente -, dos prefeitos e de milhões de brasileiros. Disse ainda que, no momento em que as reformas entram no Congresso, os parlamentares passam a ser os responsáveis por elas. "Os senhores são os donos do jogo", afirmou Lula, sublinhando que essas não serão as únicas reformas a serem apresentadas por este governo ao Congresso. Elas deverão ser seguidas de outras propostas de reformas para os setores agrário, sindical e trabalhista, entre outros. Lula disse ainda que "todos já fizeram críticas" ao Congresso, mas que "sem essa Casa não existiria democracia no nosso País".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.