Lula pede votação do Orçamento com apelo por 'responsabilidade'

O presidente Luiz Inácio Lula daSilva fez um apelo à "responsabilidade" dos parlamentares aopedir nesta segunda-feira a votação do Orçamento de 2008 aindanesta semana. A votação da peça orçamentária pelo Congresso Nacional estámarcada para a próxima quarta-feira, após ter sido adiada porduas vezes na semana passada por falta de acordo em torno dadestinação de uma verba de 534 milhões de reais. O governo, por sua parte, ameaça editar medidas provisóriaspara manter os projetos que estão em andamento caso a votaçãodemore. "Eu quero crer que os senadores e os deputados têmresponsabilidade com o Brasil tanto quanto eu. Eu não possocrer que apenas eu queira trabalhar e eles não, que apenas euqueira fazer as obras e eles não", disse Lula em seu programade rádio semanal Café com o Presidente. "Os deputados e os senadores têm que votar o Orçamento, éuma questão de responsabilidade com o país, é uma questão deresponsabilidade com o povo pobre desse país porque as coisasestão acontecendo", insistiu. O presidente, que também comentou o lançamento das obras doPrograma de Aceleração do Crescimento (PAC) em favelas cariocasna semana passada, expressou, no entanto, confiança que oprojeto será votado nesta semana. "Eu tenho certeza que há disposição e vontade política doCongresso para votar." Lula também elogiou a diminuição das tensões entreColômbia, Venezuela e Equador, que na sexta-feira declararamencerrada a crise diplomática deflagrada por uma operaçãomilitar colombiana em território equatoriano contra rebeldesdas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). "(Estou) feliz da vida porque parece que as tensõesbaixaram na América do Sul e parece que os discursos deramlugar ao bom senso", disse o presidente. (Por Eduardo Simões)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.