Lula pede que oposição não torça contra o Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo à oposição para que não torça contra o Brasil a partir de 1.º de janeiro, data da posse da presidente eleita, Dilma Rousseff (PT). "Queria pedir à oposição que, a partir de 1º de janeiro, eles (oposição) olhassem um pouco mais o Brasil, torcessem para o Brasil dar certo", disse o presidente, acrescentando que cada atitude da oposição contra o governo prejudica parte da população.

ROSANA DE CASSIA, Agência Estado

03 de novembro de 2010 | 12h14

"Eu queria apenas pedir a compreensão de que dentro do Congresso a oposição não faça a política do estômago, da vingança, do trabalhar para não dar certo. Oposição tem outro papel", disse Lula, lembrando que a oposição elegeu governadores de importantes Estados e que eles sabem da importância de uma boa relação com o governo. "Senão, todos perdem." Para o presidente, a oposição não pode perder sua característica de oposição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.