Lula pede a ministros integração dos programas sociais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou de seus ministros nesta sexta-feira integração e ampliação dos programas sociais do governo. Em uma reunião com os responsáveis pelas pastas da área social, Lula prometeu realizar audiências individuais com seus principais auxiliares para discutir uma política social integrada. "Aprofundar a agenda social, fortalecer e expandir os programas já consolidados e integrá-los numa política social comum. A idéia é que nós apresentemos a ele uma agenda abrangente e extensa de um plano de trabalho para o próximo mandato", disse o ministro da Educação, Fernando Haddad, após o encontro. O presidente reclamou, ainda, maior interlocução dos ministérios com os movimentos sociais. Essa é uma exigência que Lula faz a seu próprio partido, o PT. Segundo Haddad, o pedido do presidente reforça o elo entre a agenda econômica e as políticas sociais nos próximos quatro anos.

Agencia Estado,

29 Dezembro 2006 | 17h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.