Lula passa feriado prolongado em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva passa a Sexta-feira Santa e o fim de semana em Brasília, sem compromissos oficiais. Lula retoma as atividades oficiais na Segunda-feira. A agenda prevê despachos internos, reunião de coordenação e conversa com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, no período da manhã. Às 12h30, o presidente recebe o ministro da Defesa, Nelson Jobim; às 15h30, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Para o final da tarde, está prevista reunião do Conselho Político. Um dos principais assuntos que Lula colocará em discussão no Conselho será a definição do relator da proposta de reforma tributária na comissão especial da Câmara. O PT indicou o deputado e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci (PT-SP), mas a proposta esbarra na pretensão do PR, partido da base governista, que faz pressão em defesa do deputado Sandro Mabel (PR-GO). O partido chegou até a fazer obstrução no plenário da Câmara para marcar posição pró-Mabel, o que provocou constrangimento no Palácio do Planalto.

EQUIPE AE, Agencia Estado

21 de março de 2008 | 10h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.