Lula participa de videoconferência preparatória para G-8

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez hoje, no Palácio do Planalto, seu pronunciamento na videoconferência do Annual Bank Conference on Development Economics - Europe, preparatória para a reunião do Grupo dos 8 (G-8), que será realizada em 1º de junho, na França. A transmissão foi interrompida por alguns minutos e retomada logo depois. No início do seu pronunciamento, Lula fez uma breve saudação ao presidente do Banco Mundial, James Wolfenson, e disse que está aguardando sua visita ao Brasil, para um churrasco. Lula afirmou que o Brasil tem assumido todas as suas responsabilidades para assegurar o equilíbrio macroeconômico do País. "Mas no campo internacional é fundamental que cada um faça a sua parte", disse o presidente. Ele afirmou que o Brasil está tomando providências para a redução da dívida pública em relação ao PIB e ao combate à inflação que, segundo o presidente, foram consideradas um sucesso nos primeiros meses de se governo. Ele disse ainda que as reformas constitucionais que estão hoje no Congresso foram elaboradas para assegurar a saúde fiscal no País e permitir a retomada do crescimento. Lula afirmou também que o governo pretende fortalecer as cooperativas de crédito e oferecer ao País igualdade de oportunidades. Ao concluir o seu pronunciamento, o presidente passou a responder perguntas dos participantes da videoconferência, em Paris.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.