Lula participa da posse do novo presidente do STJ

O ministro Edson Vidigal tomou posse como presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), substituindo Nilson Naves, que cumpriu o seu mandato de dois anos no cargo. Como vice-presidente foi empossado o ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira. À solenidade estão presentes os presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva; do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Maurício Corrêa; do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP). Nos discursos que estão sendo feitos, está sendo ressaltada a situação de crise vivida pela Justiça brasileira. O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Roberto Busato, defendeu a proposta de criação de um órgão de controle externo do Judiciário, também defendida pelo novo presidente do STJ, mas rejeitada pela maioria dos ministros deste tribunal e do STF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.