Lula participa da missa do Dia do Trabalhador em São Bernardo do Campo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou pouco depois das 9 horas à Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem, em São Bernardo do Campo, para assistir à tradicional Missa do Trabalhador, que este ano está sendo celebrada pelo vigário geral da Diocese de Santo André, padre Roberto Alves Marangon.Lula, que chegou acompanhado da primeira-dama, dona Marisa Letícia, entrou pela porta da frente da igreja e foi bastante cumprimentado pelos presentes. O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, e o porta-voz André Singer entraram junto com Lula e dona Marisa.Também participam do ato religioso os ministros do Trabalho, Luiz Marinho, e da Secretaria Geral da Presidência, Luiz Dulci, juntamente com a ex-prefeita Marta Suplicy, e o senador Aloizio Mercadante, pré-candidatos do PT ao governo de São Paulo.Segundo Dulce Xavier, da Pastoral Operária, este é a vigésima quinta vez que Lula participa da Missa do Trabalhador, tradição interrompida apenas em 1980, quando ele estava preso por liderar as greves metalúrgicas do ABC. É possível que Lula faça um pronunciamento ao final da missa, como ocorreu em anos anteriores."Está tudo uma maravilha? Não. Muita coisa ainda precisa ser feita. Mas as pessoas sentem sua vida melhorando e mais perspectiva de futuro", disse o presidente. Ele disse que o valor do salário mínimo está longe do ideal, mas que este ano já foi possível dar um aumento melhor e antecipar o pagamento do mês de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.