Lula nomeia novos comandantes das Forças Armadas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou sua reforma ministerial pelo segundo escalão. Nesta quarta-feira, 21, o ministro da Defesa, Waldir Pires, anunciou a nomeação dos três novos comandantes das Forças Armadas: do Exército, general Enzo Martins Peri, da Marinha, almirante Júlio Soares de Moura Neto, e da Aeronáutica, Juniti Saito. O anúncio foi feito no Palácio do Planalto, depois de cerca de uma hora de conversa no gabinete presidencial, na qual estavam presentes também os três comandantes que deixam o cargo, o general Francisco Albuquerque, do Exército, o almirante Roberto Guimarães Carvalho, da Marinha e o brigadeiro Luiz Carlos Bueno, da Aeronáutica. O ministro Waldir Pires informou que o presidente Lula decidiu apenas pelos comandos militares e o incumbiu de fazer o anúncio, depois de "agradecer profundamente a colaboração, lealdade, eficiência e trabalho" dos militares que se despedem do cargo. Lula escolheu os nomes respeitando o critério da antiguidade nas três forças. O brigadeiro Saito será o primeiro a assumir, dia 28 de fevereiro. O almirante Moura Neto assume dia 1º de março e o general Enzo, dia 8 de março, depois da reunião do Alto Comando da Força. Os novos comandantes não deram entrevista. O brigadeiro Saito limitou-se a dizer que se sentia "muito honrado pela indicação do presidente". Expectativa Ao ser indagado sobre a expectativa do presidente em relação aos novos comandantes, o ministro da Defesa declarou que Lula reiterou a dedicação de todos e desejou "êxito, sucesso para que tenhamos as Forças Armadas cada vez mais fortalecidas a serviço do desenvolvimento do Brasil, da soberania e da felicidade do nosso povo". E acrescentou: "a perspectiva do presidente e a confiança dele é que cada um cumpra o seu dever". O decreto de nomeação dos novos comandantes será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira, 22.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.