Lula nega definição sobre escolha de caças

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reafirmou que ainda não há nenhuma decisão do governo a respeito da compra de novos caças para modernização da Força Aérea Brasileira (FAB). De acordo com entrevista publicada hoje pelo ''Jornal do Comércio'', de Porto Alegre, Lula disse que as propostas das empresas continuam sob análise do Ministério da Defesa.

AE, Agencia Estado

05 de fevereiro de 2010 | 16h19

O governo não pretende abrir mão de que a empresa vencedora promova a transferência de toda a tecnologia de ponta, ressaltou o presidente. Por isso, a escolha entre o caça francês Rafale, o sueco Gripen e o americano F-18 deve levar em consideração a "determinação de fazer da Política Nacional de Defesa um eixo de desenvolvimento econômico e de autonomia tecnológica", disse o presidente.

Lula ressaltou, ainda, que antes de tomar qualquer decisão sobre a compra dos caças, a análise feita pelo Ministério da Defesa será submetida ao Conselho Nacional de Defesa, com base nas diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa.

Mais conteúdo sobre:
caçasLulaRafaleFABDefesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.