Lula: 'necessidade de fiscalização' foi motivo de visita

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que é por "necessidade de reconhecimento e fiscalização" que está visitando as obras de transposição do Rio São Francisco. A declaração é parte da entrevista que o presidente deu a emissoras de rádio em um acampamento no município pernambucano de Sertânia e foi divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência.

NERI VITOR EICH, Agencia Estado

15 Outubro 2009 | 11h59

Lula está na região em companhia de dois potenciais pré-candidatos à sua sucessão - a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o deputado Ciro Gomes (PSB) - e do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima.

"Esta visita nossa faz parte de uma fiscalização que o governo tem de ter", disse Lula. "Desde pequeno, a gente apreende que o porco engorda com os olhos do dono, porque, se o dono não estiver olhando, ele morre de magro. Essas obras são de tamanha importância para o Brasil que essa visita de fiscalização que estamos fazendo, de reconhecimento da obra, é uma necessidade. O Geddel tem feito isso sistematicamente. Eu é a primeira vez. A Dilma é a segunda viagem. E daqui para frente temos de fiscalizar ainda mais, porque temos que inaugurar uma parte da obra ainda em 2010."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.