Lula não está fazendo discurso de campanha, diz Bastos

Ao deixar o Supremo Tribunal Federal, onde participou da cerimônia de abertura do ano do Judiciário, o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, saiu em defesa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelas ações que estão sendo impetradas contra ele, pela oposição, sob a alegação de que o presidente já está em campanha."O presidente não está fazendo discurso de campanha. Aliás, se a gente for passar uma pena fina em todos os governantes que estão atuando agora, se veria que é muito difícil separar uma coisa da outra", declarou o ministro, que, apesar de não citar nomes, se referia aos pré-candidatos do PSDB, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o prefeito da capital paulista, José Serra."O presidente não é candidato, ainda, embora eu ache que vá ser", comentou o ministro da Justiça, ao insistir justificando que "o presidente tem trabalhado inaugurando as coisas que ele fez, enquanto a lei lhe permite".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.