Lula manterá encontros bilaterais durante G-8

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai manter, ao longo da reunião de cúpula do G-8, em Evian, na França, alguns encontros bilaterais com outros chefes de estado. No sábado, Lula vai se encontrar com o presidente da África do Sul, Thabo Mbeki, e também com o presidente do Senegal, Abdoulaye Wade.No domingo, depois de participar de um almoço oferecido pelo presidente da França, Jacques Chirac, para o qual estão convidados todos os chefes de estado presente no encontro, Lula se reunirá com o presidente da Comissão Européia, Romano Prodi, e também com o presidente da Rússia, Wladimir Putin.Na manhã de segunda feira, Lula vai ao café da manhã oferecido pelo presidente da China, Hu Jintao. Em seguida terá outra reunião com o primeiro ministro da Índia, Atal Behjari Vajpaye.Lula e os ministros Antonio Palocci, da Fazenda, e Luiz Fernando Furlan, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, vão ficar hospedados no Hotel Beau-Rivage Palace, em Lausane, na Suíça, cidade que fica ao lado de Evian. Lá também ficarão todos os chefes de estado dos países não pertencentes ao G-8 que foram convidados para participar do encontro, além do diretor gerente Fundo Monetário Internacional (FMI), Horst Köhler, e o presidente do Banco Mundial, James Wolfensohn.A chegada de Lula a Lausane está prevista para amanhã às 9h35 horas (4h35 horário de Brasília). Um fortíssimo esquema de segurança foi montado pelas autoridades suíças em Lausane, impedindo inclusive o acesso ao Hotel Beau-Rivage.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.