Lula mandou Tarso buscar acordo para votar Orçamento

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou ao ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, que busque um acordo para atender demandas necessárias para que o Orçamento deste ano seja aprovado.Paulo Bernardo disse que a orientação do presidente é trabalhar para que o orçamento seja aprovado até quinta-feira. Até lá, informou ele, a medida provisória que libera mais R$ 24 bilhões para custeio e investimento, não será publicada. "Vamos esperar a possibilidade do Tarso fazer um acordo para a votação (do Orçamento) esta semana. Se isto acontecer, podemos sustar a (edição da) MP", disse.A determinação do presidente Lula ao ministro Tarso Genro foi dada em uma reunião que terminou no início da tarde, no Palácio do Planalto, da qual participaram também os ministros Paulo Bernardo, Guido Mantega, da Fazenda; e Dilma Rousseff, da Casa Civil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.