Lula leva a São Bernardo-SP tudo que ganhou em 8 anos

O ex-presidente Lula ainda não recebeu toda sua mudança de Brasília para São Bernardo do Campo (SP) - os últimos caminhões com os pertences do presidente só sairão da capital amanhã. No total, serão usados 11 caminhões - dos quais um climatizado para adega - para transportar 1.403.417 fotos, cartas, vídeos, presentes, livros.

AE, Agência Estado

06 de janeiro de 2011 | 11h02

Pela Lei 8.394 de 30 de dezembro de 1991, apesar de a coleção ter sido formada ao longo da Presidência, agora tudo pertence a Lula como pessoa física. No Departamento de Documentação Histórica da Presidência, era possível, até semana passada, encontrar fotos de família de Lula, a primeira bandeira do PT, costurada por Marisa Letícia, e até uma camisa estampada que o ex-presidente usava na juventude.

No entanto, a lei determina também: "Ao final do mandato presidencial, os documentos tratados pela Secretaria de Documentação Histórica do Presidente da República serão entregues ao titular." E, assim, tudo está de mudança para São Paulo - incluindo presentes dados a Lula por chefes de Estado, obras de arte, joias caras, bebidas, cartas e presentes de populares. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.