Lula inicia ''operação abafa''

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou avisar ao ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que não tolera críticas públicas entre ministros e ataques ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), carro-chefe da candidatura presidencial da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Amanhã Lula e Minc terão uma conversa decisiva, segundo um assessor.Antes de viajar para a América Central, Lula foi surpreendido com ataques de Minc às obras de infraestrutura do governo. Por telefone, Lula pediu "tranquilidade" aos ministros que sofreram críticas. O presidente orientou Dilma, Edison Lobão (Minas e Energia), Alfredo Nascimento (Transportes) e Reinhold Stephanes (Agricultura) a não reagirem.Lula não tem estilo de demitir ministros para resolver crise política, observou um assessor. Mas marcar a audiência foi uma forma de deixar claro sua irritação com a postura do ministro do Meio Ambiente. Suas declarações foram dadas às vésperas do 7º balanço parcial das obras do PAC, que será divulgado hoje.O próprio Lula comandou ontem a "operação abafa". Em entrevista na Guatemala, tentou demonstrar que não há "problema", mas "visões diferentes". "O que eu acho é que às vezes você não pode externar a sua visão sem saber que repercussão ela pode ter no outro, e isso vale para todo mundo", afirmou .

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.