Lula inaugura estátua do marinheiro João Cândido no Rio

O marinheiro, conhecido como Almirante Negro, liderou a Revolta da Chibata, em 1910, contra castigos

da Redação

20 de novembro de 2008 | 20h19

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou a estátua em homenagem a João Cândido  na Praça 15, no centro do Rio de Janeiro, no  Dia da Consciência Negra, acompanhado do ministro da Secretaria Especial de Políticas e Promoção da Igualdade Racial, Edson Santos. Além deles, compareceram o ator Antonio Pitanga, a ex-ministra Marina Silva e Benedita da Silva. João Cândido liderou a Revolta da Chibata, em 1910, contra os castigos físicos que era impostos aos marinheiros pela Marinha do Brasil. Pela sua participação no movimento, João Cândido, que também é conhecido como o Almirante Negro, foi preso e chegou a ser internado num manicômio. (Com Agência Brasil)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.