Lula: Geddel é 'tinhoso' e 'brigão', mas cumpre tarefas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, é um homem "tinhoso" e "brigão", porém cumpridor "extraordinário" de tarefas. "Não sou só eu que falo isso. Dilma (ex-ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff) também falou isso muitas vezes. É uma pena que você deixe o governo", lamentou Lula, no discurso de despedida dos dez ministros que deixam o governo para disputar as eleições de outubro.

CÉLIA FROUFE, Agência Estado

31 de março de 2010 | 14h04

Sobre as divergências de Geddel com o seu adversário político da Bahia, o governador Jaques Wagner (PT), Lula confessou que não gostaria de vê-los brigando. "Se vocês me obedecessem, isso não aconteceria", brincou. Lula sugeriu ao presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB), presente ao evento, que levasse parlamentares da Casa para conhecer as obras que estão em andamento no Nordeste, que foram coordenadas por Geddel. "Os deputados precisam ver o que está acontecendo no Nordeste."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.