Lula: "Fui ao Gabão aprender como se fica 37 anos no poder"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira, durante audiência com o presidente da Costa Rica, Abel Pacheco, que está aprendendo a arte de permanecer muitos anos no poder. "Eu fui agora a uma viagem ao Gabão aprender como é que um presidente da República consegue ficar 37 anos no poder e ainda se candidatar à reeleição", disse Lula, ao citar a viagem que fez recentemente à África. Lula está em seu segundo dia de viagem à República Dominicana e nesta quarta-feira segue para o Haiti, onde visita as tropas brasileira e assiste ao jogo da seleção brasileira de futebol. Ele participou, durante cerca de duas horas, de uma reunião dos presidentes e representantes da América Latina e Caribe. No encontro, foi assinada a declaração de São Domingo, na qual os países presentes se comprometem a trabalhar pela integração da região e na busca de acordos de livre comércio. No documento, com 17 pontos assinado por dez países, há um compromisso com a consolidação e fortalecimento da democracia, combate à pobreza, à fome e à miséria. Na declaração de São Domingo, os países dizem ainda que estão comprometidos com a reforma e a revitalização das Nações Unidas, incluindo o Conselho de Segurança, fazendo deste último um "órgão mais democrático mediante a incorporação de novos países desenvolvidos e em desenvolvimento como membros permanentes". Foi uma forma de apoiar o Brasil no pleito de conseguir um assento permanente na ONU, mas o Brasil não é citado. O documento defende ainda um combate conjunto ao narcotráfico e reafirma o compromisso dos países de apoiar o processo de reconstrução política do Haiti. Hoje, pela primeira vez, Lula se reuniu com o presidente haitiano, Boniface Alexandre. Para os presidentes, a superação da crise haitiana se constitui uma prioridade para suas nações e para a região e os países amigos se comprometeram ainda a dar apoio e solidariedade ao povo daquele país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.