Lula faz reunião para avaliar crise e afinar discurso

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu por volta das 11 horas do Palácio da Alvorada e foi para o Palácio do Planalto, onde o expediente começa somente ao meio-dia. Lula convocou para hoje, às 15 horas, uma reunião do núcleo político do governo. O objetivo é avaliar as providências adotadas antes do Carnaval na tentativa de conter a crise política provocada pelo caso Waldomiro Diniz.Participam da reunião os ministros da Fazenda, Antonio Palocci; da Coordenação Política, Aldo Rebelo; da Casa Civil, José Dirceu; e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner. A intenção é afinar internamente o discurso entre os principais auxiliares do presidente e dentro do PT.O presidente viaja amanhã para o Pará e depois segue para a Venezuela, onde participa do encontro do G-15, grupo de países em desenvolvimento. Por isso quer definir uma estratégia de ação com seus auxiliares antes de embarcar. O principal foco do governo, neste momento, é impedir que uma eventual instabilidade política reflita na condução da economia.De acordo com a agenda divulgada pela assessoria da Presidência, Lula se reunirá às 17 horas com os ministros da Previdência, Amir Lando; do Trabalho, Ricardo Berzoini; e da Casa Civil, José Dirceu. Na pauta, o pagamento do reajuste em atraso das aposentadorias e pensões, desde 1994.Ainda hoje, Lula receberá o príncipe Bundar Bin Sultan, da Arábia Saudita a quem oferecerá jantar às 10 horas, no Palácio do Itamaraty.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.