Lula: exigência de viagens aumentará até fim do governo

"Até o final do governo, vai aumentar a exigência de viagens. Temos muitas coisas para inaugurar", disse hoje o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no programa de rádio "Café com o Presidente", ao comentar sua agenda desta semana, que prevê um giro pelo Nordeste, a partir de amanhã. O presidente visita Fortaleza, Natal, Maceió, Aracaju e Salvador.

AE, Agência Estado

07 de junho de 2010 | 10h04

Após elogiar o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), "que está a todo vapor", Lula deixou clara sua disposição de permanecer na estrada até o fim de seu governo. "Daqui a pouco estaremos viajando sábado e domingo também, porque eu quero entregar o máximo possível de obras que eu puder entregar até o dia 31 de dezembro."

O presidente se disse orgulhoso do Programa Próximo Passo, do governo federal, de formação profissional, que afirmou ser uma "porta de saída" para as pessoas do Bolsa Família. "Estamos criando uma porta de saída, formando as pessoas do Bolsa Família e arrumando emprego para elas", afirmou Lula, ao comentar sua participação, na semana passada, em São Paulo, da formatura de 1.200 pessoas preparadas para trabalhar na construção civil. O objetivo do governo é que essa mão de obra seja empregada nas obras do PAC e do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.