Lula evita a imprensa na Colômbia

O secretário de imprensa da Presidência da República, Ricardo Kotscho, afirmou nesta sexta-feira à noite que a opinião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o reajuste de tarifas telefônicas foi totalmente expressa nas declarações à imprensa do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu. Lula desembarcou às 16h30 (18h30 em Brasília) na Base Aérea de Rionegro, na Colômbia, e recusou-se a falar com a imprensa. O presidente não cumpriu nem mesmo com a praxe dos chefes de Estado que desembarcam em outro país de fazer um pequeno pronunciamento de saudação ao governo e ao povo colombiano.O local previamente preparado para essa finalidade ficou intacto. "Não está prevista nenhuma entrevista do presidente aqui", afirmou Kotscho, referindo-se às 16 horas que Lula passará na Colômbia, como convidado para a 14a reunião de cúpula da Comunidade Andina de Nações (CAN). "Tudo o que o presidente pensa (sobre o reajuste das tarifas de telefonia) foi dito pelo Zé Dirceu", completou. Lula deverá embarcar na manhã deste sábado (10 horas em Brasília) para Manaus, onde se encontrará com a primeira-dama, Mariza Letícia. Ambos seguirão para Parintins (AM), onde prestigiarão a Festa do Boi. Segundo Kotscho, o presidente deverá retornar a Brasília na manhã de domingo, onde descansará. "Ele está cansado. Acordamos muito cedo hoje e o faremos de novo amanhã"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.