Lula está ´eufórico´ com a nova relação com a oposição

O governador do Acre, Jorge Viana, e o governador eleito, Binho Marques, ambos do PT, tiveram reunião de uma hora com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã desta quinta-feira. Ao sair do Palácio do Planalto, Viana relatou que Lula está "eufórico e animado" com o que considera uma nova fase da relação do seu governo com as oposições. Segundo o governador, durante o encontro o presidente citou como exemplo dessa nova fase o fato de ter sido aprovado pelo Senado na noite de quarta-feira o texto básico do projeto da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. Lula considera a aprovação dessa proposta "fundamental" dentro do espírito de uma nova relação com a oposição. O texto foi aprovado após um acordo que transferiu de 1º de janeiro para 1º de julho de 2007 o início da vigência do programa Super Simples, que reduz impostos e facilita sua cobrança e está incluído na nova lei. Nova equipeJorge Viana disse que o presidente pretende esperar um pouco mais antes de iniciar a composição do novo governo. Segundo Viana, Lula disse que está esperando, por exemplo, o ministro de Relações Institucionais, Tarso Genro, voltar das férias para que saia a campo promovendo negociações com os dirigentes dos partidos oposicionistas. "Lula pensa 25 horas na composição do novo governo, embora, até agora, não tenha tratado de nomes, e sim apenas feito consultas", contou Viana. O presidente, segundo o governador, quer retomar as conversas com os governadores e consultá-los antes de tomar decisões. Quer também conversar com o Congresso. "Ele (Lula) se sente livre, pois não está mais com as amarras da reeleição", disse o governador do Acre. Discurso afinadoO governador disse que também defende um espaço menor para o PT no governo durante o segundo mandato. O governador repetiu a frase do Lula: "O PT tem o melhor espaço, que é o cargo de presidente. Quem tem esse cargo não deve brigar por outro." Viana defende também mudanças na direção do PT, mas somente no próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.