Lula: espero ter voto dos empresários que tinham medo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira (12) que, se um dia vier a ser candidato novamente, quer o voto dos empresários que, antes de seu governo, tinham medo dele. "Espero que, se um dia eu voltar a ser candidato, eu tenha o voto deles que não tive nas outras eleições", afirmou, durante palestra no Fórum do Progresso Social na capital francesa. "Todos tinham medo de mim. Aqui tem empresários que certamente não votaram em mim por medo. Hoje, olho com orgulho, porque eles nunca ganharam tanto dinheiro, cresceram tanto e geraram tantos empregos como no meu governo", completou.

FERNANDO NAKAGAWA, ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

12 de dezembro de 2012 | 16h21

Mais cedo, o ex-presidente assistiu o fim do primeiro jogo do Corinthians no Mundial de Clubes disputado nesta quarta no Japão. Segundo sua assessoria de imprensa, Lula comemorou a vitória e "está feliz" com placar de 1 a 0 contra o egípcio Al Ahly.

Em meio às denúncias publicadas pelo jornal O Estado de S.Paulo que ligam diretamente o ex-presidente ao esquema do mensalão, Lula acompanhou o jogo em uma sala no Centro de Conferência Ministerial em Paris, onde a Fundação Lula e o Instituo Jean Jaurès promovem o "Fórum do Progresso Social".

Tudo o que sabemos sobre:
LULAPARIScandidatoempresários

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.