Lula escondeu do eleitor reforma da Previdência, diz Babá

O deputado federal João Batista de Araújo, o Babá, um dos radicais ameaçados de expulsão do PT, acusou hoje o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de ter escondido dos eleitores, durante a campanha eleitoral, sua intenção de fazer uma reforma na Previdência Social. Segundo o parlamentar, em 2002 Lula não tocou no assunto nos programas gratuitos de televisão, que, afirmou, são os efetivamente assistidos pelos cidadãos que querem escolher os candidatos nos quais votarão. Babá afirmou ainda que ninguém no PT pediu votos defendendo a mudança previdenciária e que o partido não discutiu a questão."Nenhum parlamentar do PT, nem o Lula, foi à TV pedir votos dizendo: ?Vamos cobrar dos aposentados?", afirmou o deputado do PT paraense, em debate sobre reforma da Previdência na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRuRJ). Para ele, dizer que o programa de governo apresentado pelo petista falava na reforma não é suficiente, já que pouca gente leu o texto.Babá declarou que Lula "não deu tempo para ninguém debater a reforma", mandando a proposta para o Congresso Nacional antes que a sociedade a discutisse, e se mostrou cético quanto à possibilidade de emendá-la. "Se era para fazer debate, por que o PT fez um seminário (sobre reforma da Previdência) quando o projeto já estava na reta final da Comissão (de Constituição e Justiça)?", perguntou. "E o governo diz que (a proposta) é inegociável. O debate não foi feito com a sociedade, e nós não nos comprometemos com esse modelo de reforma."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.