Lula encerra comemoração do 7 de Setembro num concerto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva concluiu as comemorações do Dia da Independência assistindo ao Concerto Comemorativo da Independência do Brasil, na Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional. Ele estava acompanhado da primeira-dama, Marisa Letícia, e nove ministros, incluindo o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e o primeiro ministro de Portugal, Pedro Santana Lopes.O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, não compareceram. Estavam presentes também o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Edson Vidigal, e o advogado-geral da União, Álvaro Costa.O concerto teve uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, regida pelo maestro Sílvio Barbato, com o solo do saxofonista Léo Gandelman.Foram executados o Hino Nacional, o Hino da Independência e composições de Tom Jobim, Heitor Villa-Lobos e Radamés Gnatalli. A orquestra concluiu sua apresentação com as canções "Carinhoso", de Pixinguinha, e "Aquarela do Brasil", de Ary Barroso.Ao final, o presidente seguiu para o Palácio da Alvorada e não deu declarações à imprensa. O público que compareceu ao espetáculo era exclusivamente de convidados, que não chegaram a ocupar metade dos assentos do teatro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.