Lula enaltece pobres ao lançar PAC saneamento no PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou, ontem, o lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para a área de saneamento, no Jardim Guarituba, uma antiga invasão na periferia de Piraquara, região metropolitana de Curitiba, para voltar a atacar as elites. ?Tem no Brasil um tipo de gente que não gosta que a gente faça coisas para os pobres?, discursou. ?E é tão fácil ajudar os mais pobres, porque quando um rico entra no Palácio do Planalto ele quer logo crédito de R$ 1 bilhão, quando o pobre entra ele quer R$ 1 mil, R$ 500.?Para ele, o PAC do saneamento, que destina R$ 1,2 bilhão ao Paraná, ?é a primeira oportunidade de levar à população mais empobrecida, à periferia mais longínqua, o direito à cidadania?. ?Eu sei que tem alguém que não acha legal a gente estar colocando R$ 40 bilhões para fazer saneamento básico no País?, afirmou. Segundo ele, ?tem gente que fica o tempo inteiro torcendo para as coisas não darem certo?. Lula não foi hostilizado em nenhum momento. Antes do ato oficial, que reuniu cerca de 4 mil pessoas, segundo a Prefeitura de Piraquara, o presidente vistoriou algumas obras de saneamento e cumprimentou os populares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.