Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Lula: eleição de Dilma é 'vitória de quem perdeu em 68'

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu à oposição para tratar o futuro governo Dilma Rousseff (PT) sem raiva e vingança e disse que os opositores têm de perceber que a presidente eleita tem uma formação política admirável. Ele lembrou o passado de Dilma no movimento contra o regime militar. "O que alguns veem como defeito eu vejo como virtude: o fato de ela muito jovem ter brigado pela democracia." Lula afirmou que Dilma é representante da geração dos anos 60: "Acho que a chegada de Dilma ao poder é a vitória daqueles que perderam em 68 e para muitos estavam desacreditados."

LEONENCIO NOSSA, Agência Estado

03 de novembro de 2010 | 14h22

Lula ainda ressaltou, em entrevista coletiva de hoje, que ela chegou ao poder com a experiência de ter passado oito anos no governo - de 2003 a 2005 Dilma foi ministra de Minas e Energia. Com a queda de José Dirceu da Casa Civil em 2005, ela ocupou a pasta e só deixou o governo em abril deste ano para se candidatar à Presidência da República.

Na entrevista, Lula se queixou especialmente do fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), uma das principais derrotas do seu governo para a oposição no Congresso. "Eu não esqueço que por conta de briga política perdemos R$ 40 bilhões anuais." E acrescentou: "Queria pedir à oposição - contra mim não tem problema continuar raivosa - que ela olhasse mais pelo Brasil, torcesse para o Brasil dar certo e ajudar o Brasil", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
transiçãoDilmaLulaoposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.