Lula é recebido com vaias em Santa Casa de Salvador

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está na Santa Casa Irmã Dulce, no Bairro Roma, em Salvador, Bahia, para inaugurar uma das seis farmácias populares que serão instaladas pelo governo na Bahia. O presidente foi recebido na Base Aérea pelo governador da Bahia, Paulo Souto, e pelo prefeito de Salvador, Antonio Imbassahy. Na chegada à Santa Casa, o Lula era aguardado por manifestantes da Força Sindical e do PSTU, que protestavam contra as denúncias de corrupção no governo. O grupo vaiava o presidente e gritava que estava impedido de entrar para a cerimônia.Eles carregavam faixas com referências aos casos da "Operação Vampiro", que investiga denúncias de fraude na compra de medicamentos, as notas frias da ONG Ágora, de um amigo do presidente, para justificar o destino dos recursos do governo e o caso do ex-assessor da Casa Civil, Waldomiro Diniz. Os manifestantes foram cercados por uma grade e foi colocado um ônibus em frente ao grupo, para impedí-los de acompanhar a cerimônia à distância. Do lado de dentro da Santa Casa, apenas simpatizantes do governo saúdam o presidente e o candidato do PT à Prefeitura de Salvador, deputado Nelson Pellegrino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.