Lula é recebido com festa e desfila num Rolls-Royce no Gabão

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou hoje, às 16h50 (12h50 em Brasília), em Libreville, capital do Gabão, na segunda escala de sua viagem à África. Depois de ser cumprimentado pelo presidente Omar Bongo, que comanda com mãos de ferro o país há 37 anos, Lula desfilou ao lado dele num Rolls-Royce prata aberto pelas ruas da cidade. Cerca de três mil pessoas, segundo cálculo da segurança do Palácio do Planalto, concentraram-se no trajeto do aeroporto até o Hotel Intercontinental para ver o presidente brasileiro. Mulheres e crianças usavam camisetas com as figuras de Lula e Bongo.O exército gabonês e agentes secretos do regime local acompanharam os dois presidentes até o hotel. Lula recebeu a chave da cidade das mãos do prefeito André Dieudonné e cumprimentos de estudantes gaboneses que estudaram no Brasil, que o presentearam com um mapa de pedras do Gabão. No discurso de chegada, Lula lembrou dos africanos do território onde hoje é o Gabão, que foram levados como escravos para o Brasil. "Apesar do sofrimento experimentado no exílio forçado, eles tiveram a generosidade de doar um tesouro cultural que traziam dentro de si", disse Lula. "Para lá (Brasil) levaram a alegria dos seus ritmos, a beleza de suas danças e a habilidade de suas mãos", completou. Ao falar sobre a relação cultural entre o Brasil e o Gabão, o presidente brasileiro disse que o Atlântico é apenas "um rio caudaloso, de praias de areias brancas", que une os dois países.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.