Lula é internado em Recife e cancela viagem a Davos

Segundo médico, presidente teve crise de hipertensão mas passa bem; Meirelles vai à Suíça.

BBC Brasil, BBC

28 de janeiro de 2010 | 05h42

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internado com uma crise de hipertensão nas primeiras horas desta quinta-feira, no Recife, e cancelou sua viagem a Davos, na Suíça, onde participaria do Fórum Econômico Mundial e receberia o prêmio de Estadista Global.

Lula passou mal quando já estava a bordo de seu avião, prestes para embarcar para a Suíça, e seu médico, Cléber Ferreira, recomendou a internação no Hospital Português, na capital pernambucana.

Segundo Ferreira, o presidente foi submetido a uma série de exames e, por volta das 3h (hora local, 4h em Brasília), sua pressão já havia voltado ao normal. A previsão é de que ele tenha alta ainda na manhã desta quinta-feira.

O presidente, então, deve decidir junto com seus médicos se retorna a Brasília ou se viaja a São Paulo para novos exames.

De acordo com a assessoria de imprensa da Presidência, Lula já estava "cansado e indisposto" durante os compromissos de sua agenda no Recife, que incluíram a inauguração de uma unidade de pronto-atendimento e um jantar com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

O presidente foi acompanhado pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Ela desistiu de voltar a Brasília após a internação e o visitou no hospital.

O ministro da Comunicação Social, Franklin Martins, informou que Lula será representado em Davos pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.