Lula e Dilma visitam obra de ponte sobre Rio Negro, em Manaus

Após encontro com trabalhadores, presidente e ministra devem seguir agendas distintas na parte da tarde

Liege Albuquerque e Clarissa Oliveira, Correspondentes de O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2009 | 11h57

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acaba de cobrir o primeiro ponto de uma extensa agenda que vai cumprir em Manaus nesta segunda, 27, visitando as obras da ponte sobre o Rio Negro.

 

A ponte vai ligar Manaus à cidade de Iranduba e terá o comprimento de 3.600 m. A obra é um empreendimento do governo do Amazonas com recursos do BNDES, na ordem R$ 574 milhões.

 

Lula e a ministra Dilma Roussef abraçaram os trabalhadores e tiraram fotos. A ministra aparenta boa disposição e deverá, à tarde, cumprir uma agenda ainda não divulgada, paralela à de Lula.

 

Das obras da ponte, Lula segue para observar a construção do terminal hidroviário São Raimundo, e no almoço deverá assinar um compromisso com Governadores da Amazônia Legal para redução das desigualdades na região.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaDilma RoussefManaus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.