Lula e Dilma vão ao RS inaugurar programa habitacional

Estrutura de palanque para receber presidente em São Leopoldo teve de ser reerguida após temporal

Elder Ogliari, de O Estado de S.Paulo,

05 de fevereiro de 2010 | 11h17

A estrutura preparada para abrigar pessoas que esperam o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, teve de ser reconstruída às pressas, durante toda a madrugada desta sexta-feira, 5, depois de ser derrubada por um temporal que atingiu a cidade na noite de quinta-feira.

 

Equipes da prefeitura e da empresa fornecedora da estrutura foram chamadas às pressas para trabalhar no reerguimento. O presidente, que vem acompanhado da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, chega à cidade da região metropolitana de Porto Alegre por volta do meio-dia, e será recebido em clima de festa.

 

A prefeitura de São Leopoldo, comandada pelo ex-deputado federal Ary Vanazzi (PT), orgulha-se de ter sido ágil na captação de recursos federais, especialmente do PAC, e convidou a população a participar da recepção ao presidente.

 

Lula vai sobrevoar condomínios residenciais construídos com verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do programa Minha Casa Minha Vida e depois, na cerimônia pública, entregar chaves a moradores beneficiados pelo programa.

 

Também vai inaugurar uma estação de tratamento de esgoto que eleva a capacidade de tratamento da cidade em 50% - a maior do RS. Ao todo, os investimentos conjuntos da União e prefeitura de são Leopoldo se aproxima de 200 milhões em 5 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaDilmaPACMinha Casa Minha VidaRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.