Lula e Dilma deixam hospital após visitar Alencar

Vice-presidente passou por cirurgia de emergência para conter hemorragia abdominal

Daiene Cardoso, da Agência Estado,

23 Dezembro 2010 | 11h39

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente eleita, Dilma Rousseff, deixaram o hospital Sírio-Libanês, às 11h26 desta manhã, depois de visitar o vice-presidente da República, José Alencar. O vice-presidente foi submetido ontem a uma cirurgia de emergência na tentativa de conter uma hemorragia abdominal. Lula e Dilma seguem agora para evento de celebração do Natal dos catadores de papel e da população em situação de rua, na capital paulista. Lula e Dilma deixaram o hospital de helicóptero e não falaram com a imprensa.

Por volta das 9h30, o presidente da Coteminas, Josué Gomes da Silva, filho caçula de Alencar, informou à Agência Estado que a hemorragia que acometeu o vice-presidente ontem e que motivou a internação às pressas para a realização de uma intervenção cirúrgica de emergência já havia sido estancada. Josué disse ainda que as notícias a respeito de seu pai são boas, que ele passou a noite entubado, porém consciente, tanto que se comunicou com os médicos e familiares por escrito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.