Lula e Dilma cancelam inauguração de usina em MG

A Presidência da República informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou a inauguração da Usina Hidrelétrica de Baguari por causa da forte chuva que cai na região. A cerimônia estava marcada para a manhã de hoje, com participação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. A informação sobre o cancelamento da inauguração foi transmitida a jornalistas também pela prefeita de Governador Valadares, Elisa Costa.

LEONÊNCIO NOSSA, Agencia Estado

22 Outubro 2009 | 11h06

O presidente e a ministra chegaram a sobrevoar a área da usina em um avião Legacy, mas não houve condições de pouso. Segundo informação distribuída pela Presidência da República, a usina é uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com potência instalada de 140 megawatts (MW) e capacidade para fornecer energia a 500 mil habitantes.

O presidente e a ministra, então, embarcaram no Airbus da Presidência para retornar a Brasília. Assessores afirmaram que não está afastada a possibilidade de retorno do presidente a Minas, no período da tarde, se as condições meteorológicas permitirem, para cumprir o restante da agenda, que prevê visitas a obras e inaugurações nos municípios de Uberlândia e Uberaba.

Mais conteúdo sobre:
Lula inauguração usina MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.