Leonardo Benessatto/Reuters
Leonardo Benessatto/Reuters

Lula e Bolsonaro estarão em Curitiba na próxima quarta

Deputado chega na capital paranaense no mesmo dia em que ex-presidente encerra caravana pela região Sul do País

Igor Moraes, O Estado de S.Paulo

23 Março 2018 | 17h59

Líderes nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) estarão em Curitiba na próxima quarta-feira, 28.  Atos em apoio aos pré-candidatos estão agendados para esta data.

Bolsonaro e Lula, no entanto, não devem se encontrar. Enquanto a manifestação do ex-presidente está marcada para às 17 horas, na Praça Santo Andrade, a manifestação a favor do deputado deve acontecer no aeroporto Afonso Pena, por volta das 11 horas.

Jair Bolsonaro não permanecerá por muito tempo na capital paranaense. Depois de aterrisar em Curitiba, seguirá para a cidade de Ponta Grossa, no interior do Estado. A expectativa é de que o ato de recepção no aeroporto reúna de três a cinco mil pessoas.

+ Temer assume que vai disputar eleição: 'Seria covardia não ser candidato'

"A orientação toda é para não ter nenhum ato do nosso pessoal próximo ao evento do Lula. Nosso objetivo não é confronto. Quem é líder nas pesquisas não precisa entrar em confronto com quem está inelegível", afirmou o deputado federal Delegado Francischini, secretário-nacional do PSL.

Presidente estadual do PT no Paraná, o ex-deputado federal Dr. Rosinha destacou que as manifestações em apoio a Lula promovidas em Curitiba no ano passado, quando o petista prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro, não contaram com nenhum incidente de violência e afirmou que espera o mesmo na próxima quarta- feira. 

++ 'Quero que a Suprema Corte analise o mérito do processo', pede Lula

"Nossa orientação é para que os militantes não provoquem e não aceitem provocação. Nós temos experiência em organizar em tipo de manifestação, até mesmo em parceria com a Polícia Militar. No ano passado não aconteceu nenhum incidente. Se desta vez acontecer, não será nossa responsabilidade", disse Rosinha.

O PT no Paraná não tem uma estimativa de quantas pessoas participaração do ato na Praça Santo Andrade. A manifestação marcará o encerramento da caravana de Lula pela região Sul do País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.