Lula e Bachelet querem retomar "antiga aliança"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente do Chile, Michelle Bachelet, concordaram hoje em marcar uma reunião em abril para incentivar o diálogo e a "antiga aliança" entre ambos os países, segundo o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim.Os dois presidentes tiveram uma reunião paralela à Cúpula Sul-Americana, que termina hoje na cidade boliviana de Cochabamba e reúne oito dos doze países membros.Segundo Amorim, Bachelet e Lula concordaram que a "intensidade do diálogo" entre Chile e Brasil "não corresponde ao grau de afinidade" entre ambos, e que é necessário fortalecer o diálogo e motivar a antiga aliança entre os dois. "Lula deve ir ao Chile em abril e, antes disso, vamos tentar promover reuniões de chanceleres, de outros ministros e empresários dos dois países, porque nossa relação com o Chile é importante", afirmou Amorim. Segundo o ministro, com um comércio bilateral de cerca de US$ 7 bilhões anuais, o Chile caminha para se tornar o segundo sócio mais importante do Brasil na América do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.