Lula diz querer Dilma em encontro de catadores de papel

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que pretende levar a presidente eleita, Dilma Rousseff, para encontro de confraternização de Natal com os catadores de papel e moradores de rua, em São Paulo, no dia 23 de dezembro. "Se Deus quiser levarei a Dilma para passar o bastão lá", disse Lula, em discurso realizado hoje na reunião do Conselho Nacional de Economia Solidária, no Palácio do Planalto.

TÂNIA MONTEIRO E LEONÊNCIO NOSSA, Agência Estado

17 de novembro de 2010 | 14h47

Desde que assumiu o governo, em 2003, Lula participou do encontro de confraternização de fim de ano com os catadores de rua, na capital paulista. Ainda no discurso, o presidente reclamou que a imprensa não cobriu nos últimos oito anos o trabalho das cooperativas voltadas para pequenos trabalhadores.

"Todo esforço que fizemos nesses oito anos não foi levado em conta. Uma briga de duas pessoas na rua tem mais importância que uma conferência para discutir cooperativas", disse. Sobre o término do mandato, ele afirmou que está o tempo passando rápido. "Está vindo rápido. Demorou para a oposição, mas para mim está vindo rápido", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.