Lula diz que vai estudar reivindicação de repasses aos Estados

O governador de Goiás, Marconi Perillo, disse hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se comprometeu a estudar a reivindicação dos governadores, de que a União repasse aos Estados parcelas da arrecadação da Cide (Contribuição da Intervenção no Domínio Econômico) e da CPMF. "Há sensibilidade do governo para que isso se resolva tão logo seja possível", disse Perillo. Os governadores querem que a União repasse aos Estados 25% da Cide e 0,08 ponto porcentual da arrecadação atual da CPMF, cuja alíquota é de 0,38% incidente sobre as operações financeiras. Ainda segundo o relato de Perillo, o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse na reunião de hoje que vai buscar uma solução para essa reivindicação dos governadores no momento mais oportuno e alegou que a União perderia R$ 2 bilhões com o eventual repasse de 25% da Cide aos Estados. Veja o índice de notícias sobre as reformas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.