Lula diz que vai conversar com PFL e PSDB

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que, em entrevista ao chegar para o encontro com os governadores aliados, vai conversar com o PSDB e o PFL para discutir projetos de interesse do País. O objetivo do encontro é a tentativa de construir um novo eixo de sustentação ao PlanaltoLula disse que não pretende discriminar nenhum partido. "Só não vai conversar quem não quiser. Quem for civilizado e quiser fazer política civilizada terá espaço para uma boa conversa", afirmou. "Quem não tiver ... terá de respeitar o silêncio dos outros". Lula disse que no PFL, por exemplo, "tem muita gente disposta a conversar". "Em algum momento vocês vão perceber que eu vou conversar com o PSDB, porque não quero discriminar ninguém", afirmou. Lula disse que no momento só está preocupado com propostas para garantir maior crescimento no País. Ele disse ainda que é preciso encontrar "o dinheiro para executar" os projetos de infra-estrutura. "Só depois de apresentar as soluções para todos os problemas vou começar a me preocupar com a montagem do ministério". Lula afirmou que o seu desejo e dos governadores é que a economia possa crescer e o país possa distribuir renda e melhorar a educação. "Acho que todo mundo tem responsabilidade com esse desejo da sociedade", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.