Lula diz que vai cobrar 'mais engajamento' dos prefeitos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que pretende cobrar dos prefeitos "mais engajamento" na resolução de questões como analfabetismo, mortalidade infantil, sub-registro de nascimentos e agricultura familiar. "Não é possível que o Brasil entre no século 21 com problemas que já deviam ter sido superados há muito tempo", afirmou, ao comentar essas dificuldades, no programa semanal de rádio "Café com o presidente". "São quatro assuntos extremamente importantes e que, sem a participação dos prefeitos, fica muito mais difícil resolvermos", avaliou. Nesta semana, Lula reúne-se com todos os prefeitos do País para o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, em Brasília."Quero chamar os prefeitos e pactuar com eles uma política entre governo federal, governos estaduais e municipais." No encontro, também serão discutidos os investimentos em políticas públicas e as ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ele voltou a ressaltar a importância da parceria entre prefeituras e governo federal para amenizar os impactos da crise financeira mundial na economia do Brasil. "É preciso que a gente trabalhe todo mundo junto para vencer este momento difícil que é o da crise financeira mundial, fazendo com que as obras (do PAC) andem mais rápido, para fazer com que gerem mais emprego, mais salário e mais renda para o trabalhador brasileiro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.