Lula diz que trabalhará como nunca para deixar país a sucessor

Presidente comemorou a criação de empregos em setembro e reiterou previsão de crescimento de 5% em 2009

Reuters

19 Outubro 2009 | 08h18

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira, 19, no programa "Café com o Presidente", que vai trabalhar "como nunca" até o final de seu mandato para concluir os projetos do governo e deixar o Brasil mais preparado para o seu sucessor.

Ele comemorou a criação de empregos formais em setembro, a melhor marca do ano, reiterou a previsão de crescimento de 5% para o ano que vem e disse que usará os 15 meses que restam de seu período na Presidência para "aperfeiçoar aquilo que possa ter algum defeito".

"Vou trabalhar como nunca trabalhei na minha vida para concluir as coisas que estamos fazendo, para aperfeiçoar aquilo que possa ter algum defeito e, ao mesmo tempo, para deixar o Brasil mais preparado para quem vier depois de mim", disse Lula em seu programa semanal de rádio, que tem duração de seis minutos.

Lula previu a criação de 1 milhão de empregos com carteira assinada até o final deste ano, abaixo da estimativa de 1,1 milhão realizada pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, feita na divulgação dos dados de setembro, na última quarta-feira.

No mês passado, foram criados 252,6 mil novos empregos formais -- o melhor resultado deste ano. No acumulado de 2009, o saldo líquido de criação de vagas é de 932.651.

Recém-chegado de uma visita de três dias às obras de revitalização e transposição do rio São Francisco, Lula disse que trabalham no empreendimento cerca de oito mil pessoas, número que, segundo ele, subirá para 10 mil até dezembro.

As obras, iniciadas em 2007, tiveram até agora execução de cerca de 15%, segundo dados do governo, e devem estar concluídas até 2012. No total, o investimento será de 6 bilhões de reais.

Mais conteúdo sobre:
POLITICALULACAFEPRESIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.